[1-A] Glossário de Marketing Interactivo


1-A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S U V T W X Z Y | 2b-On

[1-A] Glossário de Marketing Interactivo

Add to FacebookAdd to DiggAdd to Del.icio.usAdd to StumbleuponAdd to RedditAdd to BlinklistAdd to TwitterAdd to TechnoratiAdd to Yahoo BuzzAdd to Newsvine

1G – A primeira geração de serviços sem fios maioritariamente analógica incluindo tecnologia standard tal como AMPS.

2G – Também conhecida como Personal Communications Services (PCS), a segunda geração de serviços sem fio refere-se à telefonia móvel digital tecnologias que surgiram e foram implantadas durante a década de 1990, oferecendo transmissão de voz e transmissão de dados. A tecnologia standard 2G inclui Code Division Multiple Access (CDMA), Time Division Multiple Access (TDMA), e (Global System for Mobile Communication (GSM). Esta também oferece serviços auxiliares, tais como dados, fax e SMS.

302 Redirect- É o processo pelo qual um servidor envia a um browser a localização de um anúncio solicitado, invés de enviar o anúncio em si. Ad servers utilizam “302 redirects” para  lhes permitir acompanhar actividades, tais como pedidos de anúncios ou os cliques em anúncios.

3G – 3G é uma tecnologia de terceira geração no contexto das normas de telefonia móvel. Os serviços associados ao 3G incluem wide-area wireless voice e broadband wireless data, tudo em um ambiente móvel. Nos serviços de marketing 3G, video-telephone é frequentemente identificado como principal aplicação 3G.Já implementada pelos operadores móveis na maioria da Europa, Ásia e América do Norte. Suporta velocidades de dados muito superior ás anterior redes móveis, em alguns casos próximas das ligações de banda larga. A terceira geração de serviços sem fios oferece maior disponibilidade e estabilidade a maior quantidade de dados e maior capacidade de voz. A alta velocidade dos dados permitir, acesso à Internet de alta velocidade, vídeos com qualidade e vídeo-conferência, e é medido em Mbps. Os standards da tecnologia 3G, incluem UMTS, com base na tecnologia WCDMA (muitas vezes os dois termos são utilizados alternadamente) e CDMA2000, que é a evolução da tecnologia 2G CDMA. O UMTS é geralmente preferido pelos países que usam rede GSM. As taxas de transmissão de dados variam de 144 kbps a mais de 2 Mbps.

3GPP – 3GPP é um agrupamento de Instituições de normalização internacional de operadores e fornecedores . As especificações do 3GPP são baseadas na normalização do GSM. O âmbito de aplicação inclui a padronização do 3GPP WCDMA base da família IMT-2000 e Long Term Evolution (LTE) de modo a criar os próximos stands da nova geração da tecnologia de redes móveis.

3GPP2 – Similar a 3GPP, excepto  que este é o grupo responsável pela padronização dos membros CDMA2000-based da família IMT-2000.

ABANDONO (ABANDONMENT) – Quando um utilizador deixa um carrinho de compras com algo nele antes de concluir a transação.

ABORT – Quando um servidor Web não realiza com êxito a transferência de um conteúdo ou anúncios para um browser. Isto é geralmente causado pelo facto de o utilizador clicar no botão de parar ou seleccionar outro link, antes da conclusão de um download.

Acquisition Rate (Taxa de Aquisição) – Percentagem de inquiridos que optaram por participar numa iniciativa mobile / Taxa de Aquisição = (taxa total da audiência dos participantes) / total.

ACTIVITY AUDIT (Auditar a Actividade) – Consiste na verificação independente da actividade realizada num período de tempo determinado. Algumas das principais métricas avaliadas são ad impressions, page impressions, clicks, total visits  (total de visitas) e unique users (utilizadores únicos). Uma das actividade da auditoria, consiste em reportar a validação das métricas.

AD AUDIENCE – É o número de utilizadores únicos expostos a um anúnciodurante um período de tempo especificado.

AD BANNER – É uma imagem gráfica ou outra animação utilizada como um anúncio.

AD BLOCKER – Software instalado no browser do utilizador que impede a exibição de publicidade.

AD CAMPAIGN AUDIT– Actividade de auditoria realizada a uma campanha publicitária específica.

AD CENTRIC MEASUREMENT – Avaliação da audiência gerados num servidor próprio de anúncios de terceiros.

AD DISPLAY/AD DELIVERED – Quando um anúncio com exibido com sucesso no ecrã do computador do utilizador.

AD DOWNLOAD – quando ocorre o download do anúncio de um servidor para o browser do utilizador. Os anúncios podem ser solicitados, mas abortado ou abandonado antes de realmente ser transferido para o browser o que pode impedir ao utilizador o visionamento do mesmo.

AD IMPRESSION – Um Ad Impressiona ocorre sempre que um consumidor é exposto a um anúncio (ou prefixado ou anexado a uma mensagem SMS, mobile web ou página web, inseridos num clip de vídeo ou multimédia).
AD IMPRESSION RATIO – Divide-se os Click-throughs pelas ad impressions.

AD INSERTION – quando o anúncio é inserido num documento e registado pelo servidor de anúncios (Ad server).

AD MATERIALS–  São as artes finais, o copy,  a lista de URLs activos e de sites alvo que são disponibilizados ao vendedor antes do início da campanha publicitária.

AD NETWORK – É um agregador ou corretor (broker) de publicidade para diversos sites. Ad networks são os representantes de vendas dos sites dentro da rede.

AD RECALL – É a medida da eficácia da publicidade que consiste em expor os utilizadores/entrevistados de uma amostra a um anúncio e, posteriormente lhes é questionado  se eles se lembram do anúncio. o Ad recall pode ser feita numa base assistida ou não assistida. É considerado ad recall assistido quando é dito ao entrevistado o nome da marca ou de uma categoria que está sendo anunciada.

AD REQUEST – ÉResulta  do pedido de um anúncio na sequência de uma acção directa do utilizador, registado pelo servidor de anúncios (Ad server). Ad requests pode ser gerado  directamente pelo browser do utilizador ou de um servidor de conteúdo na Web, como recurso intermédio na Internet.

AD SERVING – É a entrega de anúncios de um servidor para o computador do utilizador final em que os anúncios são exibidos por um browser e/ou estão em cache. Ad serving  é normalmente efectuada através de um editor Web ou por um servidor de anúncios de terceiros. Os anúncios podem ser incorporado na página ou servidos separadamente.

AD SPACE – Qualquer espaço dentro da aplicação que foi reservado para a exibição de publicidade. As suas dimensões e localização dentro de uma aplicação normalmente definem o (Ad Space) espaço de publicidade. Cada espaço num site é identificado de forma única. Podem existir vários espaços para anúncios na mesma página.

AD STREAM – É a série de anúncios exibidos pelo utilizador durante uma única visita ao site (ver também  impression stream).

AD TRANSFERS – É a exibição com sucesso do site de um anunciante após o utilizador clicar no anúncio. Quando um utilizador clica num anúncio, é gravado um “click-through” e re-direciona ou “transfere” o browser do utilizador para o site do anunciante na Internet. Se o utilizador visualizar com sucesso o site do anunciante Web, é gravado um “ad transfers”.

AD UNIT – Qualquer meio publicitário que possa aparecer como Ad Space numa aplicação. Por exemplo, uma banner rectangular é um exemplo tipo de “ad unit”.

AD VIEW – Quando um anúncio é realmente visto pelo utilizador. Nota: Hoje não é medido. A melhor aproximação ao mesmo hoje é fornecida pelos “ad displays”.

AD/ADVERTISEMENT – É a mensagem comercial dirigida ao cliente ou prospect de um anunciante.

ADDRESS – Identifica de forma exclusiva um computador ou um site online, geralmente um URL de um site ou marcado com um @ se for um endereço de e-mail. Literalmente, é a forma como um computador encontra o local de outro computador na Internet.

ADVERTISEMENT (Publicidade) – Toda a colecção de textos, gráficos ou de conteúdo multimédia apresentados e acessíveis numa aplicação para fins de promoção comercial de uma marca, produto ou serviço.

ADVERTISEMENT ACTION – Qualquer actividade associada a um anúncio que permita interactividade e comunicação entre anunciante e consumidor. Por exemplo, as acções comuns incluem a clicar em um número de telefone para ligar para o anunciante, um link que leva o consumidor ao portal web móvel de um anunciante, ou um link que acrescenta em contacto com o anunciante informações para o livro de telefone do consumidor.

ADVERTISER – Indivíduo ou organização que disponibiliza uma promoção paga nos media com a finalidade de promover mensagens comerciais, produtos ou serviços.

AFFILIATE MARKETING – É o acordo celebrado entre dois sites em que um dos sites (the affiliate) concorda com a característica de conteúdo ou anúncios destinados a impulsionar o tráfego para outro site. Como contrapartida, o afiliado (the affiliate) recebe uma percentagem de vendas ou de alguma outra forma de compensação gerada por esse tráfego.

AFFINITY MARKETING – É a venda de produtos ou serviços a clientes com base nos seus padrões de compra estabelecidos. A oferta pode ser comunicada por e-mail, SMS, MMS, publicidade online ou offline.

AGGREGATOR – É a organização que actua como intermediário entre a aplicação e provedores de conteúdo e os operadores de telemóvel. Assegura a transferência das mensagens para outros Operadores ou Agregadores, assegura a fiscalização   campanha móvel e da gestão da mesma, bem como serviços de facturação.

AIRTIME (see also Talk Time) – O número de minutos consumidos por um assinante detelemóvel ao realizar e receber chamadas do seu número de telemóvel. Os operadores calculam as contas dos clientes com base no airtime (tempo de antena) em minutos utilizados durante um período de tempo específico.

AKA – Também conhecido como

ALERT TONE – Um produto de áudio que é desencadeada por sons no auricular do aparelho em cima de um evento específico, como por exemplo uma mensagem de texto recebida, mensagem de voz, calendário de eventos, ou outro evento para o qual o proprietário do telefone deseja ser alertado. Duração do tom varia de acordo os requisitos de operador móvel. Frequentemente toques tradicionais ou outros produtos de áudio pode ser utilizados como um tom de alerta (Alert Tone).

ALERTS – Notificações, geralmente sob a forma de uma mensagem de  texto ou multimédia, contendo informações oportunas (detalhes do evento, meteorologia, notícias, actualizações de serviços) que são pushed (“empurrados”) para um assinante de telemóvel que tenha optado por receber essa informação. Nota: Caso o assinante de telemóvel não tenha optado por receber essa informação, a notificação será considerada SPAM.

ALT tag – O texto exibido quando uma imagem está sendo carregada. ALT tags são particularmente relevantes para SEO (Search Engine Optimization) móvel, uma vez que muitos utilizadores desactivam os downloads de imagens nos seus browsers móveis para preservar a largura de banda.

ALTERNATE TEXT (Texto alternativo) – É uma palavra ou frase que é exibido quando um utilizador tem de carregar as imagens desactivadas no seu browser ou quando um utilizador abandona a página clicando “stop” no seu browser antes da transferência de todas as imagens. Também aparece como .Balão de texto. quando um utilizador “estaciona” o rato sobre uma imagem.

ALTERNATIVE METHOD OF ENTRY (AMOE ) – Significa que a entrada num sorteio ou concurso pelo utilizador é feito a baixo custo ou sem custo.

ANCHOR TEXT – THE ACTUAL TEXT OF A LINK – ou seja, a parte que você vê de texto sublinhado. Um factor importante para o ranking que utiliza este texto, assim como as palavras-chave utilizadas na mesma, contribui para a relevância do conteúdo que está sendo vinculado.

ANIMATED GIF – É uma animação criada pela combinação de várias imagens GIF num arquivo. O resultado será a visualização de várias imagens, exibidas sequencialmente, dando a ideia de movimento.

ANONYMIZER – É o intermediário que impede que os sites vejam o IP (Internet Protocol) do utilizador.

APPLET -É uma pequena aplicação de software,  que é frequentemente utilizada pelos browsers para exibir automaticamente animação e/ou para executar consultas a base de dados solicitadas pelo utilizador.

APPLICABLE BROWSER – Aplícável a qualquer browser, independentemente de ele correr o anúncio.

APPLICATION (DOWNLOADABLE APPLICATION ) – Soluções de software que que potencia o negócio para a(s) iniciativa(s) de mobile marketing.

APPLICATION ORIGINATED MESSAGE – A mensagem de texto ou multimédia enviadas a partir de uma rede móvel, geralmente para um telemóvel.

APPLICATION PROVIDER – Uma organização que oferece soluções de software base em rede “aplicações”, ou “dowloadable applications” que permitem a dinamizar o negócio a partir de iniciativas de mobile marketing. Estes provedores, também asseguram o acesso à plataforma tecnológica comum ás aplicações de short code service .

APPLICATION TERMINATED – Um texto ou uma mensagem multimédia recebida por uma rede móvel, normalmente enviadas por um telemóvel.

ARTIFACTING – Distorção que é introduzida no áudio ou vídeo pelo  algoritmo de compressão (codec). As imagens compactadas podem ter pixels perdidos que não estavam presentes na imagem original. Veja codec.

ASPECT RATIO – É a relação entre a largura e a altura de uma imagem ou de um frame de vídeo. Transmissões de TV em 4:3 proporção (1.33:1) ; TV digital será transmitido com 16:9 rácio de (1,78:1) a maioria dos filmes é filmado pelo menos com uma relação de 1.85:1. IMUS têm um aspect ratio de 6:5 (330x 250, 280 x 336, e 180 x 150).

ASYNCHRONOUS – Um tipo de comunicação bidireccional que ocorre de forma desfasada no tempo, permitindo que os participantes respondem de acordo com a sua conveniência.

AUDIT (AUDITORIA) – Avaliação realizada por terceiros dos registos e/ou medição dos processos associados a actividade publicitária na Internet e/ou mobile. As auditoiras da actividade validam as contagens e as métricas. Os processo auditados validam os controles internos relacionados com a medição e as suas métricas.

AUDITOR – Uma organização ou individuo independente que realiza auditorias.

AVATAR-É a representação gráfica de um indivíduo num jogo, mundo virtual ou ambiente

AVERAGE REVENUE PER USER (ARPU ) – Receita Média Por Utilizador– É um indicador financeiro habitualmente utilizado para medir a receita média gerada pelos assinantes de telemóvel, uma operadore de telemóveis ou “utilizador”.

About João Geraldes

Sales & Marketing Manager at Timestamp and University Lecturer. Chairman of the Meeting of O. V. – Portuguese Association of Sales Professionals, Member of the board of Economists number 10723.
This entry was posted in Glossário de Marketing Interactivo (PT). Bookmark the permalink.

2 Responses to [1-A] Glossário de Marketing Interactivo

  1. Geraldes, adorei o glorssário. Confesso que alguns termos me eram desconhecidos, mas ajudu muito.
    Abraços.
    http://contextoweb.wordpress.com

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s