Está a 10 000 horas do seu SUCESSO: de ser EXCELENTE em qualquer coisa!!


Add to FacebookAdd to DiggAdd to Del.icio.usAdd to StumbleuponAdd to RedditAdd to BlinklistAdd to TwitterAdd to TechnoratiAdd to Yahoo BuzzAdd to Newsvine

Recentemente ao ler um texto publicado na “Harvard Busines Review”, subordinado ao tema “Six Keys to Being Excellent at Anything“ da autoria do Professor Tony Schwartz, e de um experiente investigador de alta performance Anders Ericsson fiquei particularmente agradado por saber, que afinal todos nós podemos ser excelente em qualquer coisa. Sugerindo que todos nós dispomos da capacidade para influenciar os nossos próprios resultados. Mas se pretende ser realmente bom em alguma coisa, vai ter que estar constantemente a sair da sua zona de conforto, juntamente com a frustração, a luta, os contratempos e os fracassos daí resultantes. Sendo tanto mais verdade, quanto mais pretender continuar a melhorar ou mesmo a manter um elevado nível de excelência.  Pela relevância do conteúdo retratado, optei por partilhar consigo alguns aspectos essenciais dessa leitura.

O autor do artigo acreditou até agora (com 58 anos), no mito de que algumas pessoas nascem com talentos especiais, sendo essa uma das razões porque o seu verdadeiro potencial sobressai em determinados exercícios sendo estes largamente determinados pela sua herança genética.


Descobriu ao trabalhar com vários executivos de diversas organizações, de que é possível construir e fornecer qualquer habilidade ou capacidade da mesma maneira que ganhamos músculo: levando-os para além da sua zona de conforto, e depois descansar.

Segundo Tony Schwartz, um dos “extraordinários” investigadores que estuda Performance

Anders Ericsson,  (segundo o autor, o principal investigador do mundo de alta performance) afirma que não são talentos inatos que determinam o quanto bons podemos nos tornar, mas sim o quanto estamos dispostos a trabalhar no duro, é algo que ele designa por “prática deliberada/deliberate practice”. Segundo A.Ericsson a prática deliberada envolve mais do que simplesmente repetir de uma tarefa – por exemplo, tocar uma escala de dó menor -100 vezes, ou jogar ténis até que o seu ombro se desloque. Em vez disso, ela passa pelo estabelecimento de objectivos específicos, dar feedback imediato e concentrar-se tanto na técnica como nos resultados.

Vários investigadores concordam que são necessárias no mínimo de 10 mil horas de prática, para alcançar a perícia em qualquer domínio complexo.


Segundo Anders Ericsson,
a prática não é apenas o mais importante ingrediente para atingir a excelência, mas também o mais difícil e menos intrinsecamente agradável.

Segundo Tony Schwartz, existem seis chaves para alcançar a excelência que nós encontramos são mais eficazes para nossos clientes:

1. Persiga o que gosta –.  A paixão é um motivador incrível.  Alimenta o foco, a resiliência e a perseverança.
2.
Realize o trabalho mais difícil primeiro –  Por norma todos nós nos movemos instintivamente para o prazer e afastamo-nos do sofrimento. A maioria dos grandes performers realizam as tarefas difíceis no período da manhã, antes de fazer qualquer outra coisa. É quando a maioria de nós têm mais energia e menor distracção.
3.
Prática intensa – Sem interrupção durante curtos períodos de tempo não superiores a 90 minutos e depois faça uma pausa.  Noventa minutos parece ser a quantidade máxima de tempo que pode levar ao mais alto nível de concentração em para qualquer actividade.  A evidência é tão forte que a os grandes performers não praticam mais de 4, 5 horas por dia.
4.
Procure obter feedback de especialistas, em doses intermitentes – Quanto mais simples e mais preciso for o feedback, mais habilitado estará para fazer ajustes. Demasiado feedback, constantemente, pode criar sobrecarga cognitiva, eleva a ansiedade, e interfere com a aprendizagem.
5.
Faça várias pausas para recuperação –  Relaxar após esforço intenso não só proporciona uma oportunidade de rejuvenescer, mas também para metabolizar e incorporar o que aprendeu. É também durante o repouso que o hemisfério direito se torna mais dominante, o que pode levar a avanços criativos.
6.
Ritualize a prática –  Vontade e disciplina são amplamente subestimados.  Como o investigador Roy Baumeister descobriu, nenhum de nós tem muito isso. A melhor maneira de assegurá-lo passa por assumir tarefas difíceis é ritualizá-las – acções específicas, em momentos invioláveis, de modo que ao longo do tempo as possa executar sem desperdiçar energia pensando nelas.

Agora que já sabe o segredo, já as pode por em prática e trabalhar para o Sucesso Pessoal e Profissional.

As fontes e os livros relacionados com este assunto:

About João Geraldes

Sales & Marketing Manager at Timestamp and University Lecturer. Chairman of the Meeting of O. V. – Portuguese Association of Sales Professionals, Member of the board of Economists number 10723.
This entry was posted in Sales Force (PT) and tagged , , . Bookmark the permalink.

2 Responses to Está a 10 000 horas do seu SUCESSO: de ser EXCELENTE em qualquer coisa!!

  1. João, como vai?
    Li o Outliers e achei impressionante a correlação entre os fatores ambientais e o sucesso. Dentre eles estão as 10.000 horas de dedicação, pois nem todo mundo possui tal disponibilidade de prática.
    Outra coisa, o blog ContextoWeb mudou para WebContexto e está localizado em http://www.webcontexto.com.br
    Você é muito bem-vindo!
    Abraços.

  2. Olá Fernanda,

    De facto as 10 000 horas são indicadas como o mínimo para se ter sucesso, porém essa é apenas um horizonte temporal, no qual, é igualmente importante ter método, disciplina, sair constantemente da zona de conformo, ser um lutador, saber ultrapassar as frustrações e o desconforto natural provocado tendo sempre presente o objectivo a alcançar.

    Já tinha visitado o V/ novo site, aproveito para vos dar os parabéns e continuação do V/ bom trabalho.

    Cptos,

    J. Geraldes

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s